Lâmpadas de led: Será que elas são de fato mais econômicas?

Em tempos de crise econômica e de aumentos excessivos e consecutivos na energia, muitas pessoas vão em busca de alternativas que possam diminuir o consumo de energia elétrica. Uma das soluções é a substituição da lâmpada fluorescente por lâmpadas de led.

A promessa feita é que a lâmpada de led seria mais econômica e muito mais durável que a fluorescente, gerando um custo total muito abaixo do convencional.

Mas será que as lâmpadas de led são de fato mais econômicas? Será que de fato é possível confiar e trocar todas as lâmpadas de casa? Vai valer a pena ou é só conversa? Bom, é o que vamos apresentar daqui em diante.

Diferenças básicas: fluorescente x incandescente

Para economizar energia elétrica vale tudo. Tirar aparelhos eletrônicos da tomada manter o mínimo de lâmpadas acesas, e tantas outras táticas para poder enxugar o consumo e aliviar mais um pouco na conta.

Em tempos atrás houve a substituição de lâmpadas incandescentes por lâmpadas fluorescentes, o que ajudou muita gente a economizar na conta de luz, no entanto ainda há problemas relativos a ela e um concorrente novo na praça.

Desse final todos já sabem, mas é legal podermos começar por aqui. Há algum tempo atrás foi levantado o debate e foi cravado que as lâmpadas fluorescentes eram mais econômicas que as incandescentes.

E de fato a economia foi percebida no cotidiano e principalmente no final do mês, onde se aliviou muito do que se costumava cobrar, e de fato a lâmpada fluorescente acabou dando um salto enorme com relação à incandescente.

Isso acontece porque nem toda a energia que a lâmpada incandescente consome, é transformada em energia luminosa. Para se ter ideia, somente 10% é luminosidade e os outros 90% se perde em calor.

Não precisa ser eletricista para saber que a relação custo x benefício não bate, e o gasto para se manter várias lâmpadas acesas dariam um prejuízo significativo no final do mês, dando muita dor de cabeça.

Muito se fez na tentativa de se cortar os gastos, muitas alternativas no sentido de deixar o mínimo de luzes acesas e evitar ao máximo o desperdício de energia com coisas desnecessárias.

Outra alternativa apresentada foi a fluorescente, que consegue consumir muito menos eletricidade para gerar energia e luminosa, sendo uma das apostas e alternativas para controle nos gastos.

Porém nem tudo são flores. As lâmpadas fluorescentes, apesar de ajudarem na economia de casa, têm, em sua composição, o mercúrio, que é um metal pesado e faz muito mal à saúde e ao meio ambiente, caso não seja descartado adequadamente.

Isso passa a ser um entrave em sua fabricação e a aceleração na busca por outras alternativas que pudesse ser uma energia mais econômica, de fácil descarte e de energia limpa.

Além disso a distribuição desigual de luminosidade compõe uma das desvantagens também, já que pode gerar um cansaço muito maior que o normal, sendo uma boa alternativa somente na economia.

Essa distribuição desigual é muito comum entre as fluorescentes. às vezes costumam piscar ou deixar pontos mais escuros que outros, ou até a oscilar, não sendo recomendada, por exemplo, em escritórios, devido ao desgaste gerado.

Lâmpadas de Led

As lâmpadas de led veio para ser uma opção ainda melhor que a lâmpada fluorescente. Isso porque além de economizar ainda mais por não gerar calor, tem sua luminosidade uniforme, o que garante maior conforto.

Para se ter uma ideia uma lâmpada incandescente consome em média 60W para gerar sua energia luminosa (lúmen), enquanto que uma led consome 20W para produzir a mesma quantidade.

Outro fator interessante é a durabilidade que é ainda maior que as outras duas, o que pode ser ainda mais rentável e interessante podendo durar mais de 15 anos, por um custo de R$ 50.

Além desses fatores ela também não tem risco de contato direto com eletricidade, não emitem muito calor, não emitem raios ultravioletas ou infravermelhos o que possibilita a instalação dela em piscinas, saunas, próximo a vegetação.

A única desvantagem é o alto valor de custo na sua aquisição, no entanto é um investimento, visto que a conta fica mais enxuta, sua manutenção é muito rara e pode ser aproveitada em vários pontos da casa.

Quando se fala em lâmpada de led é comum se falar em investimento. É claro que ela não vai render lucros para você, mas a economia que você terá é infinitamente menor com relação aos custos atuais.

Afinal de contas, as lâmpadas de leds as são mais econômicas?

Já foi dito que elas consomem bem menos para produzir a mesma quantidade de luminosidade, o que por si só já é um indício de economia muito significativa para o bolso, principalmente considerando todos os setores da casa.

Ao se distribuir as lâmpadas pelos cômodos é possível observar que mesmo estando todas ligadas ao mesmo tempo o custo na energia consegue ser menor que o gerado pela fluorescente ou incandescente, e a manutenção é muito rara, sendo uma lâmpada indicada para se usar em locais de difícil acesso.

E não só é muito mais econômica como é durável o que dá a ela muito mais valor dentre as demais. Para se ter uma ideia, para se ter 25000 horas de luz com uma lâmpada incandescente seriam necessárias 221 lâmpadas durante 23 anos; considerando a fluorescente, seriam necessárias 3 durante o mesmo período, enquanto que só seria necessária uma lâmpada de led para a mesma durabilidade.

Só com esses dados fica muito fácil pra se dizer que vale o investimento final, já que o consumo é muito reduzido e a durabilidade é muito maior, fazendo jus ao valor que é encontrada (ainda que seja relativamente cara).

Bom, no fim das contas as lâmpadas de led são sim mais econômica e podem ajudar a cortar os custos com energia elétrica do mês, considerando que somada com todas as outras estratégias, a diferença pode ser enorme no final do mês.

Para você que está em busca de enxugar os gastos do mês, ter um dinheiro a mais, essa é uma boa aposta, ainda que seja exigido uma espécie de gasto inicial, mas que compensa bastante.

Está precisando de um eletricista? A Adrua dispõe de profissionais capacitados para lhe ajudar, confira.